Você conhece as vantagens de implementar um software de gestão ERP nas empresas de varejo? Sabe qual a importância desse sistema? Em um mercado cada vez mais competitivo, sobressaem as organizações que conseguem otimizar o tempo de execução das atividades, reduzir os custos e aumentar a produtividade. Desse modo, com um fluxo de tarefas mais dinâmico e flexível, é possível alcançar melhores resultados e ter uma gestão mais eficiente.

Os softwares ERP (Enterprise Resource Planning) atuam como centralizadores de informações, ou seja, todos os dados referentes aos processos operacionais, administrativos e gerenciais da empresa passam a integrar uma mesma plataforma. Oferecendo, assim, ao gestor, uma visão ampla de todo o negócio e melhor visibilidade de todo o desempenho da organização.

Mensurar as vendas, controlar o estoque, reestruturar a formação de preços são apenas algumas das vantagens desses softwares. Confira os benefícios que esses sistemas podem promover para empresas varejistas!

Automação Comercial

No varejo o ponto de venda (checkout) é sagrado. São várias razões que fazem com que o checkout seja uma das áreas que mais precisa da atenção do empresário. É no checkout que se materializa a venda e o dinheiro que entra no caixa da empresa. Também é lá que o cliente tem a última experiência com a loja.

Por isso, o ponto de venda deve ter duas características difíceis de conciliar: velocidade e segurança. Com a automação comercial, utilizando equipamentos e softwares próprios para o varejo, o empresário consegue alcançar ambos os objetivos. Assim, o empresário conseguirá se dedicar a outras atividades da loja, o que renderá muito mais resultados para a gestão.

Maior controle de estoque

Para uma empresa varejista, manter um estoque organizado e controlado é uma das atividades mais importantes. Caso isso não ocorra, o fluxo operacional é comprometido e outros processos passam a não funcionar.

Com um sistema ERP, a ineficiência nos processos operacionais é eliminada, uma vez que as informações passam a compor automaticamente um único sistema. Todos os setores têm acesso às movimentações efetuadas na empresa, integrando dados e possibilitando avaliação em tempo real, e se os dados estiverem na nuvem, poderão ser acessados de qualquer lugar e a qualquer hora.

O que antes era realizado manualmente — por meio de planilhas — com esse sistema passa a ser feito em tempo real e de forma automatizada, sendo possível integrar as informações dos setores de compras, vendas, logísticas e outros.

Redução de custos

O que não se mede não pode ser gerenciado. Com o uso desse sistema é possível reduzir custos e otimizar o tempo das atividades, produzindo, dessa forma, mais e em menor tempo.

Por meio das informações disponibilizadas em tempo real, o gestor pode conhecer os setores que estão apresentando maiores despesas e estabelecer medidas para reduzir ou eliminar desperdícios, identificando onde estão os gastos a serem cortados dentro da empresa.

Por exemplo, já imaginou controlar todas as vendas em cartão da sua loja manualmente? Com esse software, sua empresa tem mais controle, com um custo menor.

Planejamento mais eficiente

Para uma empresa de varejo, o uso desse sistema passa a ser a chave para o sucesso. Com a necessidade de conhecer a real situação da empresa, os gestores podem contar com informações atualizadas e integradas aos mais diversos setores da organização.

Sabendo o que cada setor representa em relação aos demais e quais são as principais defasagens de cada um, é possível estabelecer um planejamento para acabar com os problemas que impossibilitam melhor desempenho. Além disso, será mais fácil implementar ações realistas de curto, médio e longo prazo e que possam contribuir para o alcance de melhores resultados.

Facilidade na implementação de estratégias de promoção

Com informações reais e confiáveis em mãos, o gestor pode avaliar suas estratégias de vendas e estabelecer promoções para os clientes. Ou seja, quando o controle de estoque é feito de forma eficiente, é possível saber quais itens estão tendo maior saída e quais estão encalhados.

Sabendo disso, a equipe de vendas poderá reavaliar a precificação para saber se o preço está muito abaixo do mercado, o que pode estar implicando prejuízos. Além de tudo, ao conhecer a validade dos produtos é possível estabelecer promoções que estimulem maior procura e consumo destes e evitando perdas.

Software ERP para o Varejo

No varejo, quando for avaliar um software de gestão para sua loja, atente-se sempre para o software do Ponto de Venda (PDV), o software que controlará as vendas e estará integrado a vários equipamentos do PDV. Velocidade e segurança nesse processo é fundamental para evitar prejuízos. Além do software do PDV, avalie o software da retaguarda, o sistema de fato, que controla as demais operações, como a gestão de estoque, financeira, fiscal, contábil, comercial, logística, enfim, toda operação.

Fonte: https://www.infovarejo.com.br/importancia-erp-varejo


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Olá!

Clique em um dos nossos representantes abaixo para conversar no WhatsApp ou envie-nos um email para [email protected]

× Como posso te ajudar?