É difícil de acreditar, mas 71% das companhias se classificam com baixa agilidade nos negócios, de acordo com estudo do Business Agility Institute, que entrevistou 394 profissionais de 166 organizações de diferentes partes do mundo. A pesquisa mapeou ainda que, ao aderir ao business agility, as empresas tendem a ganhar em sucesso no mercado, melhores formas de trabalhar, colaboração, satisfação dos funcionários e do clientes e velocidade no lançamento de produtos e serviços.

A verdade é que não há mais espaço no mercado para modelos tradicionais de empresas. É preciso se apoiar em soluções de tecnologia para se tornar adaptável, flexível e veloz no aprendizado, na tomada de decisão, na execução e na entrega de produtos e serviços. E, isso reflete diretamente na expectativa que o negócio tem sobre a área de TI e, consequentemente, na figura do CIO.

Mas, o que é Business Agility?

Business Agility refere-se à capacidade que as empresas têm de se adaptar às mudanças do mercado e do ambiente, de uma maneira produtiva e econômica, sempre priorizando a qualidade das entregas e a satisfação do cliente. Não conseguir se adaptar a essa nova realidade tem causado sérios prejuízos às organizações, incluindo demora na tomada de decisões, na velocidade de resposta para os consumidores, no entendimento das demandas e na adoção a novas tecnologias. No final do dia, esse cenário se reflete em prejuízo no caixa.

A importância do tratamento dos dados Nunca foi possível reunir tantos dados relacionados às operações do negócio como acontece atualmente e o volume só tende a aumentar. Dentro desse contexto, é fundamental que as empresas invistam em soluções que garantam segurança no armazenamento e adequado monitoramento do que é coletado, garantindo, assim, agilidade no acesso às informações e na tomada de decisões.

CIO, o embaixador da transformação Está provado que para atingir business agility o negócio necessita de tecnologia e uma das peças-chave para que isso aconteça é o CIO, executivo que deve assumir o papel de líder e embaixador do novo momento. É dele a missão de propor soluções para alavancar a agilidade dos negócios, fazendo com que essa característica se torne um importante fator competitivo no mercado.

É recomendado também que ele conscientize os líderes das demais áreas para que a transformação dos processos da empresa aconteça de uma maneira integrada, com especial atenção para incluir o conceito de inovação na cultura da companhia, investir no engajamento de profissionais de todos os níveis hierárquicos, ser estratégico na atração e retenção de profissionais capacitados e formar times multidisciplinares.





Fonte: https://cio.com.br/business-agility-seu-negocio-esta-a-espera-da-ti-para-crescer/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Olá!

Clique em um dos nossos representantes abaixo para conversar no WhatsApp ou envie-nos um email para [email protected]

× Como posso te ajudar?